Notícias

Respirador mecânico em falta...

Os Ministérios Públicos Federal e Estadual de Alagoas  já questionaram o motivo pelo qual o Ministério da Saúde ainda não enviou para a rede pública de saúde de alagoas os 30 respiradores prometidos para as UTIs que serão abertas para ampliar a capacidade de atendimento na atual pandemia.  Já estamos com os leitos clínicos e UTIs em colapso e não há uma justificativa para o material não ter chegado por aqui, e não cabe, nesse momento, retaliação.O Sinmed está acompanhando o caso.

PAULO NETO

Por falar nisso, essa semana o MPT realizou fiscalização no HGE e em outras unidades de saúde cobrando comprovante de entrega de EPIs e de recebimento de atestados médicos. Faltou visitar o Hospital Médico Cirúrgico de Alagoas, antigo Paulo Neto, na Rua Cicinato Pinto, Centro de Maceió. O hospital funciona como retaguarda do HGE, recebendo pacientes do SUS, e por lá também tem sido frequente a escassez de EPIs. Precisa ser inserido no cronograma da fiscalização.

AFASTAMENTO DE GESTANTES

Essa semana uma médica gestante perguntou se poderia ser afastada da linha de frente para proteger o feto. Aproveitamos para informar que nosso Departamento Jurídico entrou com uma ação pedindo esse direito às nossas filiadas. Infelizmente o juiz Rinaldo Guedes indeferiu a causa -  o Sinmed já recursou. Torcemos para a decisão cair nas mãos de outro juiz mais sensato, a fim de obtermos êxito, como aconteceu  com as enfermeiras, que tiveram deferimento dado pela juíza Bianca Tenório. Nesse tipo de tema são consideradas algumas variáveis de caráter subjetivo, daí cada um acaba tendo visão particular, gerando decisões diferentes. A doença do momento é tão nova que pouco se sabe sobre o tratamento, imagine sobre sua influência no feto. Cabe, portanto, uma análise mais prudente.

compartilhe:

Veja também