Notícias

Bata nesse ponto...

Olha a contradição do gestor municipal: primeiro diz não ter condição de honrar os custos com pagamento da insalubridade, progressões, nenhum dos direitos, enfim, contidos no PCC, muito menos conceder reajuste -  apesar de seis anos de congelamento salarial.  Como é que agora já tem recurso para novas contratações? O Sinmed é entusiasta do crescimento da rede de atendimento. Torcemos pela ampliação do quadro. Ao mesmo tempo, vamos cobrar dignidade para o pessoal antigo, evidentemente, e para  os novatos. Nenhuma das partes pode ser sacrificada em seus vencimentos. Portanto, o gestor deve estar preparado para agir com correção e respeito. Chega de choradeira, manipulação  e de negar direitos. Lembramos que boa parte das vagas que o município precisa preencher decorre da renúncia que muitos colegas fizerem de seus cargos, abdicando do baixo valor. O ideal é pagar bem a todos, e ter orgulho de mantê-los satisfeitos em seus postos de trabalho, nunca o inverso. E você, o que acha?

compartilhe:

Veja também